Notícias

Paywall: A peça-chave da sua estratégia de assinaturas digitais?

Fomos analisar os aspetos-chave do contexto atual em que o público e os meios de comunicação estão situados no que diz respeito ao modelo de assinatura digital e de paywall.

Ao longo dos últimos meses, os meios digitais aumentaram significativamente o número de visitas, engagement, assinaturas, e as previsões sugerem que é uma tendência que será mantida ao longo do tempo. Por isso, fizemos uma síntese dos principais fatores e tendências atuais no que diz respeito ao modelo de assinaturas digitais por recurso aos paywall:

1. Novos tempos, novos modelos

A pandemia tornou os leitores mais conscientes do valor da informação e teve um enorme impacto na sua ligação aos meios digitais. Além disso, as previsões mantêm-se positivas, uma vez que os dados sugerem que houve uma alteração generalizada das audiências e que serão mantidas no futuro.

É igualmente importante notar que, face a uma notável diminuição das receitas publicitárias, uma das opções que proporciona melhores resultados é a abordagem de um paywall como forma de obter assinantes.

2. O valor do meio digital

O digital oferece múltiplas vantagens que o público exige, como imediatismo ou dinamismo. Neste sentido, existem inúmeras possibilidades que lhe conferem grande valor, como infográficos animados, streaming de eventos ao vivo ou notificações de push personalizadas.

As audiências estão mais comprometidas com os meios de comunicação que lhes oferecem formatos e conteúdos adaptados aos seus interesses, o que promoverá uma atitude recetiva à abordagem de um modelo de subscrição através de um paywall.

3. A tendência das assinaturas

Os modelos de pagamento por assinatura estão há anos a abrir caminho e a consolidar-se como uma alternativa de pagamento com grande aceitação para além da indústria dos media. Os exemplos mais marcantes encontram-se nas plataformas de streaming audiovisual, mas a realidade é que já são uma modalidade amplamente perseguida em todos os tipos de áreas.

Em particular, as audiências dos meios de comunicação acedem à informação de forma recorrente, o que se adequa muito bem à abordagem de um modelo de subscrição. Se um assinante integrar o acesso à informação que paga no seu dia-a-dia, é fácil para ele compreender o valor da sua subscrição e fazer com que o modelo funcione.

A Protecmedia oferece apoio tecnológico às necessidades exigidas pelos meios de comunicação, que viram como o modelo de subscrição ganhou força como resultado da pandemia. É por isso que desenvolvemos uma nova solução que permite aos utilizadores do ITERWeb gerir as suas subscrições digitais.

MCM eCommerce é um novo módulo ITERWeb que forma a infraestrutura tecnológica essencial necessária para implementar uma estratégia digital baseada em assinaturas.

Com o MCM eCommerce é possível dar o passo e iniciar uma nova estratégia de assinaturas digitais de forma simples, rápida, adaptada ao seu meio e com um controlo detalhado dos resultados.