Notícias

De que modo o BERT afeta o SEO dos meios de comunicação?

BERT chegou para melhorar os resultados que o Google oferece aos utilizadores. Afetará o posicionamento SEO dos meios de comunicação?

BERT, o novo algoritmo do Google, é capaz de interpretar cada palavra de uma pesquisa em função das ligações que tem com as palavras que a precedem e lhe sucedem e, assim, consegue dotá-las do significado exato que possuem através do contexto em que se encontram. Isto é especialmente relevante nas pesquisas que integram palavras polissémicas, como, por exemplo, "banco". Agora, o Google consegue concluir se o utilizador se refere a uma entidade bancária ou a um elemento de mobiliário urbano.

Para os websites de meios de comunicação, é importante destacar que a redação de uma notícia ou de um artigo se deve planear de forma diferente, caso a sua publicação se realize em papel ou se destine ao meio online. Nesse sentido, na Protecmedia quisemos reunir os elementos-chave que representam um trampolim para o posicionamento orgânico nos motores de pesquisa:

1. Palavras chave

Em cada pesquisa, os utilizadores escrevem, em média, três palavras-chave com as quais determinam o conteúdo que querem encontrar. É importante que identifiquemos quais são as palavras-chave (sempre 'longtail', específicas) da notícia ou do artigo que vamos redigir, que nos baseemos nelas na altura de escrever e que apareçam nos pontos-chave do conteúdo: manchete, 'meta description', cabeçalhos, 'anchor text'...

2. Manchete

A manchete da notícia deverá incorporar as palavras-chave pelas quais estamos a posicionar o conteúdo, que estarão dispostas de uma maneira semelhante à forma como os utilizadores realizam as pesquisas online para chegar à informação. Para que uma manchete cumpra o objetivo de conseguir um bom posicionamento, é importante que tanto seja descritiva, como atrativa e tenha entre 60 e 70 caracteres.

3. Etiquetas

Em cada página do nosso website devem estar configuradas as etiquetas que indicam ao Google que informação estamos a oferecer aos utilizadores. Ao publicar um novo artigo ou notícia, devemos ter em conta este aspeto e atribuir no CMS as etiquetas mais relevantes com base no tipo de conteúdo que estamos a publicar.

4. Etiqueta de meta-descrição

Trata-se de um parágrafo curto que resume a informação que o utilizador vai encontrar na página. Embora os motores de pesquisa não o tomem como referência relevante nos seus parâmetros, é um elemento fundamental para captar a atenção do utilizador e conseguir aumentar o tráfego do nosso website.

5. Ligações

Estabelecer uma estratégia de ligações internas e externas é fundamental para um bom posicionamento. Ligando conteúdo já existente nos artigos novos, aumentamos a autoridade do nosso website e conseguimos manter válidas notícias antigas, mas que conservam um interesse potencial. Assim, continuam a ser visíveis para o Google e a receber visitas por parte dos utilizadores.

Com uma estratégia de ligações externas para websites de referência, estabeleceremos uma relação na qual ambas as partes serão beneficiadas, dado que estas ligações transmitem reciprocamente uma 'domain authority', ou seja, a sua qualidade de posicionamento orgânico.

BERT priorizará o aparecimento nos primeiros resultados de pesquisa dos websites cuja informação e conteúdos tenham sido escritos pensando em oferecer aos utilizadores informação precisa, atualizada e de qualidade.

Como posso conseguir com ITERweb que a minha página seja BERT-friendly?

Um website amigo de BERT é aquele que oferece um conteúdo de interesse para os utilizadores, aquele que não foi escrito a pensar no que queremos contar ou na forma como os robôs do Google vão interpretar o conteúdo.

Com BERT, o que muda é a forma de exprimir a informação que queremos transmitir. Contudo, não devemos deixar de lado as técnicas de SEO, que permanecem relevantes e continuam a favorecer o posicionamento orgânico, como os aspetos a ter em conta ao publicar novos conteúdos que acabamos de relembrar. O ITERweb é um CMS que lhe oferece todas as facilidades possíveis, para que os seus conteúdos correspondam às características técnicas que o Google mais valoriza.

O ITERweb será sempre o gestor com o qual continuará a aplicar as técnicas de posicionamento orgânico básicas e essenciais para o seu website, mas será a própria redação dos conteúdos o fator determinante para a excelência no posicionamento orgânico.

Como escrever para BERT?

Como já vimos, na realidade, o BERT não chegou para integrarmos novas técnicas de posicionamento nos conteúdos que redigimos ou nos websites que administramos. Desta vez, é mais simples do que tudo isso: trata-se de ir incorporando, a pouco e pouco, uma forma mais natural de escrever, empregando o senso comum e pensando em como nós, seres humanos, abordamos temas em conversas correntes e quotidianas, como fazemos perguntas sobre alguma coisa que nos interessa saber, que passos seguimos ao aprofundar o conhecimento de um tema ou de que maneira formamos a nossa opinião ou trocamos ideias sobre isso com outras pessoas.

O algoritmo do Google emprega uma inteligência artificial cada vez mais avançada, que é capaz de analisar mais rapidamente e de conhecer melhor os comportamentos dos utilizadores. Por isso, ao redigir artigos ou notícias para websites de meios de comunicação, o mais adequado será pensar em como podemos basear o nosso conteúdo em fornecer informação relevante para os utilizadores.